PREOCUPANTE: Curva de contágio do coronavírus no Brasil repete a de países europeus, alertam especialistas da Itália

[Teresina] – A velocidade de propagação do novo coronavírus no Brasil repete o padrão dos países que mais sofrem com o avanço da covid-19, demonstram gráficos produzidos pela BBC News Brasil com os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). O crescimento de casos confirmados segue um ritmo parecido com o de países como Alemanha, França e Reino Unido.

“Na Itália, estamos assistindo a um filme idêntico ao que vimos na China, e a batalha será a mesma em todos os outros países do mundo, mas com dias ou semanas de atraso”, afirma Nino Cartabellotta, médico e presidente da Fundação Gimbe, organização não governamental que promove a difusão de informações científicas confiáveis para a realização de políticas públicas.

“O Brasil tem a chance de jogar sabendo o resultado da outra partida, porque já viu o filme italiano. Comparar a curva de diferentes países não é um problema, muito pelo contrário”, diz Cartabellotta.

Para Lorenzo Pregliasco, sócio-fundador da empresa de pesquisas Quorum, o Brasil “está alinhado com a maior parte dos países observados”, apesar de seguir “um pouco atrás” na curva de crescimento: “Particularmente, me parece que o ritmo de contágio possa seguir a trajetória da França.”

Ao menos onze idosos morreram no Brasil em decorrência do novo coronavírus desde a segunda-feira (16/03). Nove casos foram confirmados em São Paulo e dois no Rio de Janeiro.

De acordo com a Secretaria Estadual de São Paulo, as quatro mortes divulgadas nesta sexta-feira (20) são de três homens (70, 80 e 93 anos) e uma mulher (83 anos). Eles estavam em hospitais privados da capital — não foram divulgadas as unidades de saúde nas quais eles estavam.

Fonte: BBC News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *