Uso errado de óculos de sol pode causar até cegueira

[São Paulo] – Com a alta incidência de raios solares durante o verão, é comum o aumento do uso de óculos de sol no país. Porém, junto com a maior utilização de óculos de sol, aumenta-se o risco de doenças oculares também. O motivo é a falta de proteção adequada.

Por isso, o Hospital de Transplantes Euryclides de Jesus Zerbini, unidade da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), alerta à população sobre o assunto, não apenas para quem vai viajar à praia. Pessoas que trabalham expostas ao sol, por exemplo, também devem ficar atentas, para não colocar sua saúde em risco.

Uma das doenças que podem ser provocadas pela exposição aos raios solares UVA e UVB chama-se pterígio – para se ter uma ideia, segundo a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, anualmente são realizadas, em média, 1,2 mil cirurgias para tratamento de Pterígio no SUS, no Estado de São Paulo. De acordo com Mariana Eleonora Pereira Cunial, oftalmologista do Hospital de Transplantes, trata-se do crescimento de uma espécie de membrana que cobre os olhos, estendendo-se da parte branca até a córnea. “Existem diversos fatores que provocam a doença, mas estudos mostram maior prevalência de pterígio em indivíduos expostos à radiação ultravioleta e que trabalham ao sol. Apesar de ser uma lesão benigna, é também potencialmente causadora de cegueira, uma vez que seu crescimento pode obstruir a pupila, impedindo a visão”, explica.

Dentre os prejuízos visuais provocados pelo pterígio, estão o astigmatismo e a opacificação do eixo visual. Os principais sintomas são olho vermelho, ardor, coceira e fotofobia. Anualmente, o hospital realiza cerca de 50 cirurgias para tratar a doença.

Além disso, a falta de proteção contra a radiação ultravioleta pode provocar outros males, como inflamação da córnea, queimadura da retina, catarata e até câncer

Por conta dos altos preços das lojas, o analista de cobrança Jefferson Silveira sempre prefere comprar óculos de sol nas barraquinhas de camelô. Essa atitude, porém, é perigosíssima para sua saúde, por trazer riscos à integridade física, já que trata-se de lentes não preparadas para os raios ofensivos à saúde.

Prevenção

O uso de óculos escuros, boné e chapéu são consideradas medidas úteis para prevenção contra os efeitos dos raios solares à visão. Porém, a população deve ficar atenta na hora de comprar esses produtos e, no caso dos óculos, obedecer a alguns critérios básicos, como:

– Ficar atento à proveniência e qualidade geral do item adquirido, observando pontos como resistência e material utilizado em sua fabricação.

– Exigir que as lentes tenham proteção UVA e UVB.

– O modelo deve proteger toda a área dos olhos, visando diminuir a incidência de raios solares na região ocular.

– Caso seja praticante de esportes ao ar livre, utilize óculos especiais para a modalidade em questão, como natação, corrida, ciclismo, etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *