Hospitais do Pará têm aprovação acima de 95%

[Belém] – Dois hospitais públicos do Pará ostentam números invejáveis quando se fala em avaliação dos usuários: O Hospital Jean Bitar, aprovado por 95% dos pacientes que já utilizaram os serviços da unidade, e o recém inaugurado Hospital Geral de Ipixuna, que tem quase 100% de aprovação em pesquisa realizada pela gestora da instituição.

Inaugurado no dia 28 de setembro deste ano, o Hospital Geral de Ipixuna (HGI) está em pleno funcionamento. Seus usuários podem dispor de consultas ambulatoriais em cardiologia, infectologia clínica médica e cirúrgica, além de agendamento de exames complementares, cirurgias eletivas, internações e o pronto-atendimento 24h, o que gerou o significativo índice de 99% de satisfação do usuário.

O HGI, no nordeste paraense, oferece assistência de baixa e média complexidade aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de 23 municípios da região do Capim, o equivalente a uma população estimada de 800 mil habitantes. É importante ressaltar que, por se tratar de um hospital referenciado, o HGI atende apenas pacientes encaminhados ao município através do sistema de regulação do Estado. Com apenas 47 dias de funcionamento, a equipe multiprofissional do HGI realizou 196 atendimentos ambulatoriais, uma internação, uma cirurgia e 10 atendimentos no setor de pronto Atendimento, que funciona 24h.

O vendedor ambulante Pedro Carvalho da Costa, 69 anos,  sofre de osteomielite (doença infecciosa grave, aguda ou crônica). Os problemas começaram ainda na adolescência, quando sofreu um acidente de bicicleta e bateu o joelho esquerdo em uma pedra, aos 13 anos de idade. Ao longo de todos esses anos, ele passou por três cirurgias, implantou uma prótese, mas o problema sempre retorna e, nos últimos dois anos, se agravou. Muitas dores e uma infecção o levaram até o HGI.

Pedro foi surpreendido com a notícia de que seria atendido no HGI e disse que só esperava uma consulta para o ano que vem e em Belém. “Eu estava no meu trabalho, eu vendo balinha, e aí minha esposa me disse que tinham ligado avisando que a consulta seria naquele dia, e aqui em Ipixuna. Eu nem acreditei. Eu até chorei de tão alegre. Isso para mim foi uma coisa muito boa. Eu fui muito bem atendido, contei minha história pra doutora, chorei e ela chorou também”.

Seu Pedro aguarda o atendimento com o ortopedista e deve passar por uma nova cirurgia no joelho. “Nós reforçamos aos usuários, que aquilo que eles já faziam antes, indo até a sua unidade de saúde, que eles continuem fazendo. É lá que ele receberá o primeiro atendimento, e, havendo necessidade de um aporte técnico mais específico, ele será encaminhado para o HGI, ou até mesmo outra unidade dentro do Estado”, destaca o diretor executivo do hospital, Júlio Garcia.

A funcionalidade da unidade hospitalar é 100% pactuado com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sespa). O Hospital Geral de Ipixuna fica na Rua Principal, s/n, bairro Centro, em Ipixuna do Pará. Mais informações pelos telefones (91) 3811-2631.

Hospital Jean Bitar

Com assistência de média e alta complexidade aos usuários do SUS, o Hospital Jean Bitar (HJB) comemora 95% de satisfação dos usuários que certificam a qualidade no atendimento. Nos útimos dois anos o HJB realizou mais de 739.200 atendimentos nas áreas de endoscopia digestiva alta e colonoscopia cirurgia gastrointestinal e algumas especialidades clínicas, como endocrinologia, reumatologia, geriatria e pneumologia, nas quais o hospital é referência no Estado.

Francisco Ferreira, de 41 anos, mora em Benfica e faz tratamento com dermatologista no HJB. “O atendimento médico aqui é excelente, de primeira mesmo! Se me perguntarem a nota que dou é 10 com certeza. Já andei em vários hospitais, mas esse aqui é especial”.

O diretor Executivo do HJB, o especialista em administração hospitalar Giovani Merenda, fala da importância do comprometimento dos colaboradores do hospital para esse índice alto de aprovação. “Cada um de nós temos a responsabilidade de garantir atendimento digno e respeitoso aos usuários”.

De 2016 a outubro de 2018 foram 512.693 exames gerais, 58.053 atendimentos ambulatoriais, 4.843 internações, 4.529 cirurgias, 3.943 atendimentos transfusionais, 59.035 no Serviço Social, 18.847 no setor de Psicologia, 8.682 na Nutrição, 13.700 procedimentos endoscópicos, 51.497 sessões de Fisioterapia hemodiálise, com 1.017 atendimentos, e 2.368 em fonoaudiologia.

A paciente Arlete Salazar dos Santos, de 53 anos, faz tratamento para diabetes. “O atendimento aqui é excelente. Todos os exames são feitos e os resultados chegam rápido. Os profissionais são educados e estão sempre disponíveis; tudo muito limpo e bem organizado. É um hospital muito bom mesmo” reconheceu.

O hospital també possui Agência Transfusional própria e que funciona 24h, garantindo assistência de forma mais rápida e com maior eficiência. A cozinha do Jean Bitar conquistou o selo Green Kitchen, que reconhece o constante aprimoramento do seu padrão de qualidade em benefício de seus usuários.

A certificação concedida pelo programa da Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente ratifica as boas práticas na gestão da cozinha do Jean Bitar que não usa temperos industrializados. De acordo com a responsável pelo Serviço de Nutrição de Dietética (SND) a nutricionista Natália Faria, todos os temperos utilizados nos alimentos do hospital são 100% naturais.

O HJB, que presta assistência 100% pelo SUS, dispõe de 70 leitos e é referência estadual para procedimentos de endoscopia digestiva alta e colonoscopia cirurgia gastrointestinal e algumas especialidades clínicas, como endocrinologia, reumatologia, geriatria e pneumologia.

Para atendimento no hospital é necessário o encaminhamento de uma Unidade Básica de Saúde (UBS) com o agendamento pela Central de Regulação do Estado. O Hospital Jean Bitar fica na Rua Cônego Jerônimo Pimentel Umarizal em Belém. Mais informações: (91) 3239-3800.

Por Mikaella Moraes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *