Rio de Janeiro ganha novo centro de transplantes de córnea

Unidade funciona no Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca, e será o maior centro de transplantes de córnea da cidade do Rio

Nesta sexta-feira (04/05) o secretário de Estado de Saúde, Sérgio Gama, participou da inauguração do novo Centro Oftalmológico do Hospital São Francisco na Providência de Deus, na Tijuca. A unidade do Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro (IORJ), realizará atendimentos em áreas da oftalmologia pela rede particular e é habilitada pelo Ministério da Saúde para realizar transplantes de córnea pelo SUS, através do Programa Estadual de Transplantes (PET).

– Este hospital tem uma grande parceria com a Secretaria de Estado de Saúde e já realizava transplantes de rim e fígado. A gestão anterior conseguiu revitalizar toda a estrutura de transplante e hoje estamos batendo todos os recordes, só no ano passado foram feitos 965 transplantes de córnea no estado. Sem dúvidas as novas instalações vão nos ajudar a ampliar ainda mais os números de procedimentos deste tipo – disse o secretário de Estado de Saúde, Sérgio Gama.

Este ano, os transplantes de córnea realizados no Estado tiveram um crescimento nos dois primeiros meses, com 42% a mais de procedimentos, comparando aos dois primeiros meses de 2017. Com a inauguração desse novo polo, que será o maior centro de transplantes de córnea na cidade do Rio, o objetivo é aumentar ainda mais esses números.

– É com muita alegria que participo da inauguração de mais um serviço de transplante no Hospital São Francisco. Agora podemos contar com essa novidade que é o transplante de córnea. O PET tem 8 anos e desde que ele foi lançado crescemos muito, esse novo centro demonstra como o sistema está funcionando e o nossa capacidade para crescer ainda mais oferecendo um serviço especializado e de qualidade à população – explica Gabriel Teixeira, coordenador do Programa Estadual de Transplantes (PET).

Fonte: SES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *