[BA]-Hospital da Mulher reúne autoridades e profissionais de saúde no I Simpósio de Ginecologia

Realizado neste fim de semana, no Fiesta Bahia Hotel, em Salvador, o I Simpósio de Ginecologia do Hospital da Mulher reuniu profissionais, autoridades, médicos e residentes de ginecologia, com o objetivo de reciclar e atualizar informações e condutas da área.

Na abertura, na noite de sexta-feira (23), o evento contou com a presença do secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, que parabenizou o hospital e destacou o crescimento notório da unidade em um ano de funcionamento. “É impressionante o quanto essa unidade de saúde vem crescendo em apenas um ano. Temos um hospital que não é apenas grande e tecnologicamente capacitado, mas que congrega profissionais entre os melhores da medicina brasileira”, ressaltou o secretário.

Durante a solenidade de abertura, a primeira-dama e presidente das Voluntárias Sociais da Bahia, Aline Peixoto, se emocionou ao ser homenageada pelos relevantes serviços prestados na área da saúde no estado da Bahia, em especial à saúde da mulher. “Estou muito feliz. Queria dividir esta homenagem com todos que me ajudaram a construir e a realizar o sonho que é o Hospital da Mulher”, afirmou Aline.

Prestigiaram o evento, ainda, o subsecretário da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), Adil Duarte; a deputada Maria del Carmen; a Secretária de Políticas para as Mulheres (SPM), Julieta Palmeira; a secretária de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (SETRE), Olívia Santana, e o presidente da Associação Bahiana de Medicina (ABM), Robson Moura.

“O Hospital da Mulher de novo sai na frente. Em um ano já está fazendo um evento com esta envergadura e todos que estão presentes, mesmo aqueles colegas que não são do Hospital da Mulher, vão adquirir conhecimento, melhorar a sua formação e, automaticamente, a população será melhor assistida”, pontuou Robson Moura.

Conhecimento

O Simpósio teve palestras ministradas por profissionais como o médico e professor Marcos Messina, chefe do departamento de mioma da Universidade de São Paulo (USP), e o médico e professor Luiz Zamagna, chefe do serviço de ginecologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Durante o evento, foram abordados temas relevantes da ginecologia clínica e cirúrgica como incontinência urinária, histeroscopia, prolapso genital e planejamento familiar, além das inovações em relação a métodos de contracepção e tratamentos atuais do mioma uterino. Foram discutidos, também, temas relevantes como dor pélvica, câncer do endométrio, do colo do útero e do ovário, além dos seus tratamentos cirúrgicos.

Para o médico e professor Marcos Messina, o simpósio trouxe temas importantes e bem abordados por profissionais competentes. “Eu me senti muito valorizado porque lembraram do meu nome para vir aqui e falar um pouco da minha experiência. Isso me deixou muito feliz, pois um hospital com um ano de vida já fez um evento desse porte e conseguiu aglomerar todas essas pessoas em torno de uma causa muito importante”, afirmou.

O Simpósio ainda contou com palestras e mesas redondas onde foram apresentadas tecnologias avançadas do ponto de vista científico em procedimentos ginecológicos, além de sessões interativas em vídeos sobre cirurgias de embolização de miomas e endometriose profunda.

O médico e professor Luiz Zamagna não poupou elogios ao evento. “Fiquei impressionado com a organização e com o Hospital da Mulher, que oferece todas as linhas de cuidado em ginecologia, além de um corpo clínico de ótima formação”, ressaltou.

Fonte: Ascom do Hospital da Mulhere

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *