Eleito unanimemente, Leonardo Vilela é o novo presidente do Conass

Reunida na manhã de hoje (21), a assembleia do Conass elegeu o secretário de saúde de Goiás, Leonardo Vilela, o novo presidente do Conselho. A diretoria para a gestão 2018/2019 é composta também pelos vice-presidentes regionais Acélio Casagrande (Sul – SES/SC); Carlos Eduardo de Oliveira Lula (Nordeste – SES/MA); Humberto Lucena Pereira Fonseca (Centro-Oeste – SES/DF); Ricardo de Oliveira (Sudeste – SES/ES); e Vitor Manoel Jesus Mateus (Norte – SES/PA).

Ao agradecer o apoio e parceria dos colegas gestores em seu mandato como presidente do Conass, Michele Caputo Neto, secretário do Paraná, sugeriu o nome de Leonardo para sucedê-lo. “Ele tem inegável competência técnica e vem acompanhando o Conass em discussões duras e importantes para o SUS com muita serenidade. Conversei com vários colegas antes dessa indicação e eles reforçaram que ela é unânime e muito acertada”, disse.

Além da vasta experiência na gestão (em Goiás, Leonardo esteve à frente das pastas da agricultura, infraestrutura, meio ambiente e, agora, da saúde), a capacidade de gestão, de articulação política e a sensibilidade foram destacadas como características relevantes que qualificam Vilela para a presidência do Conass, segundo os secretários de saúde. A unidade do colegiado e o alto grau de consenso com o qual os gestores estaduais trabalham também foram ressaltados nas falas dos secretários, que expuseram a necessidade de o Conass fortalecer sua atuação política, especialmente junto ao Congresso Nacional.

Para o secretário executivo do Conass, Jurandi Frutuoso, representar os 27 secretários estaduais é tarefa árdua, porém gratificante. “Estamos no centro das discussões e somos capazes de contribuir com a saúde no Brasil. Já fui presidente do Conass e é um imenso prazer dirigir essa instituição, fundada pelo saudoso Dr. Adib Jatene, função que requer capacidade de diálogo e liderança”, defendeu.

João Gabbardo, que antecedeu Michele na condução do Conass e seguiu na diretoria como vice-presidente da Região Sul, agradeceu a dedicação de Caputo Neto na representação dos estados e destacou que a experiência de Leonardo Vilela irá contribuir com a articulação política do Conass. Vilela foi deputado federal por três mandatos, 2002, 2006 e 2010.

Unidade e articulação política

Em sua fala, Leonardo Vilela falou da qualificação do colegiado do Conass assim como do seu corpo técnico. “Esse grupo é formado por pessoas de alta credibilidade e extremamente representativas. Acredito que precisamos sim canalizar o peso político desta instituição para consolidar nossas conquistas no SUS, principalmente no Congresso Nacional, onde acontecem as grandes lutas e decisões do país”, defendeu.

E destacou ainda a trajetória de crescimento e amadurecimento do Conass, que vem consolidando sua capacidade com um colegiado forte, presente, ativo e participativo e com propostas consistentes. “Bons gestores se cercam de grandes equipes e contam com assessoramento qualificado. Quando temos credibilidade nas propostas e coerência naquilo que defendemos conseguimos o sucesso”.

Vilela conclamou que os colegas permaneçam unidos, com a participação maciça nas reuniões pois, segundo ele, a diversidade de opinião e o amplo debate legitimam o consenso e as defesas do Conass.

Despedida

Secretário de saúde do Paraná por oito anos, Michele Caputo Neto destacou a clareza com a qual são conduzidas as discussões no Conass. Ele parabenizou os funcionários e o corpo técnico do Conselho e falou sobre a experiência como seu presidente. “Foi uma honra dar sequencia ao que o Gabbardo começou, como o fortalecimento da Atenção Primária à Saúde e das Redes de Atenção à Saúde nos estados, por meio da Planificação da Atenção à Saúde”, afirmou, referindo-se ao secretário de saúde do Rio Grande do Sul, João Gabbardo dos Reis, que o antecedeu na presidência do Conass.

Michele também falou de temas como a judicialização, a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), as cirurgias eletivas e os blocos de financiamento, tratados durante sua gestão e que, segundo ele, foram enfrentados com inteligência, coragem e respaldados pelo “bom debate”.

A diretoria eleita hoje tomará posse no dia 24 de abril, em Brasília. Veja a lista completa:

DIRETORIA DO CONASS PARA A GESTÃO 2018/2019

Presidente

Leonardo Moura Vilela – SES/GO

Vice-presidentes

Região Centro Oeste: Humberto Lucena Pereira Fonseca – SES/DF

Região Nordeste: Carlos Eduardo de Oliveira Lula – SES/MA

Região Norte: Vitor Manoel Jesus Mateus – SES/PA

Região Sudeste: Ricardo de Oliveira – SES/ES

Região Sul: Acélio Casagrande – SES/SC

Comissão Fiscal – Titulares

George Antunes de Oliveira – SES/RN

Henrique Jorge Javi de Sousa – SES/CE

Marcos Esner Musafir – SES/TO

Comissão Fiscal – Suplentes

Christian Reis Teixeira – SES/AL

Cláudia Luciana de Sousa Mascena Veras – SES/PB

José Iran Costa Júnior – SES/PE

Representante do CONASS na HEMOBRAS

João Gabbardo dos Reis – SES/RS

Representante do CONASS na Agência Nacional de Saúde Suplementar

Francisco Deodato Guimarães (titular)

René Santos – CONASS (suplente)

Representantes do CONASS no Conselho Consultivo da ANVISA

Fábio Vilas Boas – SES/BA (titular)

Viviane Rocha de Luiz – CONASS (suplente)

Fonte: Conass

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *